Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


A República

por impressoemmeiahora, Quinta-feira, 07.10.10

Antes de mais um reparo que serve de justificação para o que escrevo:

 

- este blog pode estar a seguir o caminho das 2 rodas mas não pode negar as suas origens e as suas finalidades: restaurar Portugal (ehh), comentar a actualidade, comentar o enviesamento do provavelmente melhor jornal do país, apontar os erros e os feitos, revolucionar através da chacota e do ridículo.

 

Posto isto, tenho de apontar o dedo a este próprio blog - ainda dei 2 dias de tolerância mas não posso deixar passar.

 

5 de Outubro - dia da Implantação da República (100 anos).

 

Independentemente da opinião acerca da República, não deixa de ser um acontecimento importante que não deveria ter deixado de ser objecto de reflexão neste espaço.

 

Embora já na Grécia antiga se falasse de República, só a partir da revolução francesa é que se assistiu à sua implantação e desenvolvimento na Europa.

E numa escala de desenvolvimento das sociedades, poder-se-á considerar a República em forma de Democracia como o sistema de ponta. E Portugal, nesse aspecto já atingiu esse ponto (embora com o interregno do Estado Novo) há 100 anos.

Reconhece-se que tal é algo não definitivo, sempre em transformação e evolução e que não é garante do melhor desenvolvimento para o indivíduo, mas é um passo nesse sentido.

 

Contudo, ainda há muitos países, até com índices de desenvolvimento superiores, que ainda não evoluíram as suas formas e sistemas de governo: sistemas monárquicos (democráticos) Espanha, Inglaterra, Holanda etc. Outros, como China, Venezuela, Cuba, Guiné, Irão, tribos, estão em fases distintas de evolução sendo até óptimos casos para revisitar a nossa história. Também eles lá chegarão, a China em poucos anos, os países tribais talvez séculos.

 

Só que, como se disse, isto não para aqui. Qual será o futuro?

 

Apesar de haver um aparente desleixo das novas populações pela política (ver abstenção) penso que nunca houve tanta participação como nos tempos actuais. Eu aponto para uma maior participação, uma participação mais informal e, por vezes, inconsciente em que a Democracia e as decisões são feitas por massas, coordenadas por alguns grupos e partindo do indivíduo. As decisões serão muito erráticas (pelo menos na fase inicial), voláteis e pouco duráveis.

Atenção que, tal como a República, a Democracia etc, não assenta de um dia para o outro e certamente demorará anos a amadurecer com atropelos pelo caminho.  E os canais preferenciais não serão as campanhas nem os discursos nem a assembleia. Os canais serão (são) os Media, a net, telemovel, a televisão, as redes sociais. Mas já se veem alguns indicios: o Daily show, os telejornais, imprensa, a net, o facebook já são poderosos meios de influência no poder político e poderosos meios de orientação de opinião.

Mas se, para já, se pode desconfiar destes meios e se pode pensar que estarão sob influência dos Big Boss, mais tarde ou mais cedo, tal influência se vai diluir nos biliões de pessoas que vão contribuir, consumir e, por isso, fazer audiência.

É talvez uma forma de Capitalismo Ideológico/Político, de Liberdade e Igualdade (de oportunidades) em que as ideias e opiniões vão circular em mercado livre, em que as ideias que vão prevalecer são aquelas que servem mais pessoas, aquelas que "vendem mais".

Uma das consequências será o abater das fronteiras físicas (as fronteiras serão ideológicas- quem é ecologista, quem é humanista, quem é científico, quem é anarquista, quem é individualista, quem é social), a alteração de formas de combate (essencialmente informático, boicote energético, calúnia) com mortes psicológicas (reputação) e não físicas;  e muitas outras alterações.

 

Será isto uma ilusão? Será isto desejável? Será isto demência?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 21:33


Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...


Posts recentes


Posts mais comentados



Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares