Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


O Intes - Projecto o que sabes e pensas dos teus amigos

por NSR, Segunda-feira, 20.08.12

Proveniente de famílias humildes do Nordeste Transmontano, o Intes é o mentor deste Projecto e o quarto elemento a ser revisitado.

 

Após a recolha das variadas opiniões, este elemento doravante será conhecido como: Sr. Rodrigues o da Mercearia, Tarantino, Justicino, Gambler, Alcoólico Anónimo

 

 

Ideais Familiares:

 

- Prole numerosa que arrume a casa enquanto passa o dia no sofá

 

- Descendência genética e cultural é fundamental.

 

- Não quer ter animais domésticos

 

- Família é uma estrutura fundamental

 

- Independente, mantendo contudo uma relação saudável com a família

 

- Será um bom pai de família

 

- Ter uma casa para pernoitar em todos os distritos do país

 

- Toda a gente que conhece é família. Mas quem lhe dá de comer é mais.

 

- Tradicional

 

- Mulher que lhe coce o rabo enquanto acompanha os mercados

 

- Gosta de ameixas Rainha Dona Cláudia

 

- Quando não está de pijama, usa saias

 

- Regressar à terra onde encontra a paz, o Norte

 

- Elevada capacidade para viver no mato sem nenhum contacto familiar, se necessário.

 

 

Ideais Políticos:

 

- Atribui ao político o papel único e redutor de dinamizador da economia.

 

- Será aquele que melhor percebe os diferentes ideais políticos

 

- Daria um bom político, mas seria incompreendido pelo povo

 

- Socialista moderado

 

- Com rasgos liberais no que toca a economia

 

- Claramente de direita

 

- Criar uma nova doutrina política para proteger e potenciar os lucros dos que brincam aos mercados

 

- Vota em economistas. Patético.

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Sabe que os políticos são corruptíveis e, por isso, não confia

 

- Um Socratista camuflado

 

- Um Soarista convicto

 

- Um Guterrista dialogante

 

 

Ideais Económicos

 

- Tudo tem um preço e ele sabe qual é

 

- Perder o dinheiro todo na Bolsa

 

- Perder o dinheiro todo na Dona Branca

 

- Na improbabilidade de uma das duas acima não acontecer perderá o dinheiro todo no Casino

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Será um fenómeno, dos poucos no mundo que sabe como inventar dinheiro

 

- Se para o Abel o dinheiro é Imoral para este Sr. é Amoral.

 

- O capital é para investir em coisas - metade por saber, metade por fezada

 

- Capacidade inata para lidar com dinheiro

 

- Admite como possível a inevitabilidade do homem estar ao serviço da economia e não o contrário.

 

- Elevada capacidade de gestão do risco

 

- O dinheiro é para poupar mas também pode ser gasto ao serviço dos prazeres das pessoas

 

- Fazer dinheiro é um dos jogos mais divertidos que conhece.

 

- Rodear-se de pacóvios para financiar esquemas económicos

 

 

Ideais Religiosos

 

- Anticristo redentor. Ao contrário de Cristo que nos perdoou pelo nossos pecados do passado, este perdoa todos os vícios e para sempre.

 

- A religião não é algo que faça parte importante da vida, até porque pode ser considerada uma estupidez.

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Talvez agnóstico.  Não pratica nem cumpre ritos (pelo menos não o manifesta) a não ser por questões culturais, nomeadamente, eventos familiares

 

- Católico contemporâneo

 

- Considera os 10 mandamentos boas orientações de vida.

 

- Respeita a religião

 

- O problema são mesmo os horários matinais das missas

 

- Deus no Céu e Intes na Terra

 

- Daria um bom acólito

 

- Tornar-se monge trapista apenas para produzir cerveja

 

- Acredita que se há um Deus este não intervém, ou seja que Deus é um gajo que não faz nada.

 

 

Ideais Gastronómicos

 

- Comportamento desviante com o álcool

 

- Uma mula na mesa!

 

- Tudo desde que seja acompanhado por álcool

 

- Comer é um prazer

 

- Bem regado

 

- Não se deixa enganar quando lhe servem porco por leitão.

 

- Elevada reserva  para citólise hepática.

 

- Francesinha!!!!!!!

 

- Cerveja ou vinho com qualquer coisa a acompanhar

 

- Entre o muito e o bom

 

- Manter níveis constantes de tintol para acalmar o trémulo

 

- Palato estreito, preferencialmente banhado por licores que estimulem nobres funções.

 

- Cerveja não é uma bebida é um carburante.

 

 

Ideais Médicos

 

- Certificar-se que o capoeiro de Vairão dispõe de balneários, casa de banho para as galinhas incapacitadas e higienização dos ovos

 

- Todas as áreas do conhecimento humano deviam ter um contabilista. Até a Medicina.

 

- Globalmente, um óptimo gestor médico

 

- Desprovido de interesses corporativistas

 

- Kaiser Permanente

 

- Os médicos poderiam garantir a justiça social

 

- Daria um bom gestor hospitalar

 

- Epidemiologia, Saúde Pública

 

- É um trabalho

 

- Ocupação dos tempos livres

 

- Queria gostar mais, mas a cabeça já tem muito que fazer

 

- Senhora Maria o sal para si ACABOU!!!!

 

 

E assim termina esta autópsia, em que o única coisa que se encontrou foi álcool, euros e pouco mais.

 

Não percam o próximo episódio que será o último deste Projecto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 13:28

20 comentários

De GostaTino a 21.08.2012 às 08:17

Eu sei porque é que ainda não houve comentários.

O gajo está longe, ninguém o vê há mais de 3 meses, já não o conhecemos muito bem, não sabemos por onde começar, não se sabe até onde se pode ir não vá o tipo ficar melindrado. É que isto de se tornar lisboeta tem coisas boas: mais limpo, mais educado, não se repete comida, come-se de faca e garfo, fala-se baixo, não se fazem movimentos bruscos, conhece-se arte música e livros e restaurantes finos, bebe-se vinho aos golinhos; mas também tem coisas más: fica-se enjoativo, fica-se sensivel dos ouvidos, fica-se brilhante com tons mate, fica-se nojentinho com a comida e com os nortenhos, fica-se intolerante as parolices da provincia...

Tudo isto dificulta a abertura das hostilidades.

Mas o Intes não se vai safar. O cimentino, o constantino, o jumentino, o chocolatino, o protestantino e toda essa comanditina vão ser esmifrados.

Vamos por este boi na brasa.

De Tino a 21.08.2012 às 13:07

Não há capacidade da vossa parte para isso.

Tenho tanto por onde se lhe pegar que vocês estão baralhados à partida, confusos a meio e perplexos à saída.

Os únicos capazes de me desarmarem sãp o Sr. Tinto no Xico, a Sra. Cerveja no Figueiras, a Sra. Jeropiga no Abel e o Sr. Porto no Barros.

Tenho dito.

De Barros a 21.08.2012 às 20:10

Sera que ele ja diz "fosga-se" ou "bolas" quando se chateia?

De Tino a 22.08.2012 às 08:51

Barros a minha capacidade de encadear várias expressões desse género permanece intacta.

Enquanto tu ficas na tua zona de conforto com as tuas "bolas", eu por cá ando com os meus "tomates" por terras mais solarengas como um verdadeiro evangelizador do Norte.

Nomeadamente as expressões "no caralho mais velho" e "longe como à piça" têm sido bastante aplaudidas pelos autóctones.

De Posso subir? a 21.08.2012 às 17:33

Eu imagino que o Xiquiriki esteja de férias ou a sua tablete foi inutilizada por baba. É impressionante a falta de tento na língua e a facilidade com que usa palavras como idiota, patético, parvo, ridículo, etc para descrever as pessoas e as suas opiniões. Este tipo de palavras são lançadas com desdém e lá do alto, para cobrir a plebe mediocre que vive no seu mundinho limitado, cheio de novelinhas e de materialismosinhos, de religiõesinhas e de emoçõesinhas que, imagino eu, têm tanto de queridinho e peninha como de muito adequado ao pequenez dessa gente.

Até no insulto é culturalmente e superiormente apurado - não descamba nas palavras saloias da gentalha mas sim aquelas palavras eruditas, simples, que desarmam qualquer bandalho. Não dá qualquer hipotese. Fica por aqui um sentimento de vazio, de arrumado, de inutilidade, de reduzido....desespero. Podias, de vez em quando, fingir que não somos tão pouco?

De Tino a 22.08.2012 às 08:55

Caro "Posso Subir", quem diz a verdade não merece castigo.

Posto isto, o cobridor de Picote, terá a sua paga em breve.

De Barros a 21.08.2012 às 20:08

Figueiras, centra a tua atenção no Tino e não no Chico.
O Tino não merece da minha parte muitos comentarios a partir do momento em que soube que vai passar um semana de ferias no Algarve e outra em Moimenta no final de Agosto. Os amigos não são contemplados sequer com uns dias porque tem de estudar. Tambem partilho da opinião de que devem ser os ares de Lisboa que lhe andam a carcomer o miolo.

De Tino a 22.08.2012 às 09:09

Barros: fraca tentativa de criar polémica onde não existe.

A notícia desde há muito tempo que não é a minha ausência. A notícia é sempre a minha presença.

Quando estou presente, sinto as lágrimas de alegria que escorrem por dentro dos mais fiéis (Figueiras), sinto o orgulho de quem sabe que partilha vários genes comigo (Xico), sinto o brilho nos olhos de quem sabe do que somos capazes (Abel) e por fim sinto a admiração pela minha capacidade em beber sempre mais um caneco que ele (Barros).

De Barros a 22.08.2012 às 14:24

Já me resignei à tua ausência constante. Mas perante um magnífico convite para repetirmos aquela noite da Zambujeira na qual as bananas foram as nossas melhores amigas, tu recusas com a desculpa de "estudar". Não quero acreditar que foste tu a dizer tamanha barbaridade.

De Festeiro a 23.08.2012 às 14:22

O tinito vai aparecer, vai mostrar os novos passos de dança que aprendeu no festival de dança, vai rebentar tudo. Vai ser o regabofe. Ele só quer é o efeito surpresa.

De Barros a 23.08.2012 às 16:25

"Rodear-se de pacóvios para financiar esquemas económicos". A propósito desta afirmação será que o Abel quer tecer algum comentário? Estás com receio de ser apenas um peão dispensável habilmente comandado pelo verdadeiro "cérebro" da operação?
"Anticristo redentor. Ao contrário de Cristo que nos perdoou pelo nossos pecados do passado, este perdoa todos os vícios e para sempre". Figueiras, será que este ser sobrenatural é superior ao teu Cristo? Será este animal mais capaz de nos dar "conforto, segurança e a tranquilidade de que consegue manter viva e perene a sua alma e o seu ser" que esperamos de uma entidade divina?

De Tino a 23.08.2012 às 17:56

Caro Barros caso nao saibas sao os peoes que garantem muitas das vitorias no xadrez. UM dia destes o perceberas.

Quanto a estudar e uma atividade que pratico diariamente mas tendo desleixado o meu hobby da Medicina preciso de lhe dar atencao novamente.
Festeiro: isso nao vai acontecer. Temo que nao haja bebida suficiente para mim.

De Festa brava a 24.08.2012 às 09:27

Abre-se um pipo ou um garrafão de água se for preciso.

De Special one a 23.08.2012 às 19:29

Este Figueiras é demais. Pensava eu que tinha batido no fundo mas não. Foi escavar com as unhas um pouco mais. Registo com muita pena que este post tenha sido usado para tentar cativar uns incautos para a sua confissão vergonhosa. E fe-lo usando a mesma linguagem com me critica. Essa história seguirá dentro de momentos noutro post.

O Tino é muito pior do que foi escrito por aqui. É mais chato, mais feio e mais aborrecido. Mas paga as suas contas (filosóficas incluídas).
Não se acha nem se arrepende. Não é moralista excepto quando se lhe critica a ausência de moralidade na economia. E não tem dogmas. Abençoados estes pois não querem ser os donos do mundo e por isso deixam as pessoas ser donas delas mesmas.

E assim vos digo que apesar de não ser nada de especial, deixa que outros o sejam.



De Anónimo a 23.08.2012 às 23:35

Falta aqui o 11º mandamento: Não conspirarás contra o Tino.

De resto confirmo o que o Chico disse: o Tino é chato, aborrecido, criança, teimoso, irritante mesmo, tem tantos defeitos e tão óbvios que esquecemos-nos de colocar alguns aqui.

O tipo tem liberdade para andar de camisola ao contrário e tu se quiseres andas de cuecas rosa choque que ele até te elogia não vás tu estar a fermentar a ideia do século e ser interrompido por um qualquer comentário moralista.

Por isso como disseram acima: o Tino perdoa tudo, aceita-te como és com os teus defeitos e virtudes, permite-te o erro mas também te permite o génio, se o tiveres, naturalmente.

De Presente a 27.08.2012 às 23:27

Só para informar que esta espécie fez anos hoje.

De Barros a 29.08.2012 às 00:35

Desculpa mas não fez, o meu telemóvel não disse nada.
E então vais connosco de férias ou não?

De Boi sentado a 30.08.2012 às 16:01

O zikurricorote deve 5 notas aqui ao je - prometeu escrita culta e... chapeu.

De Zeca a 31.08.2012 às 01:04

O Simão paga

De Abel a 03.09.2012 às 23:30

Agora que já li o texto do Xico, já posso comentar o do Tino.

De facto, sempre lhes notei parecenças.´

O Xico gosta de ver as nabiças e os mirtilos a crescer entre duas cagadelas de galinha, quem sabe protegidos da chuva por um valente silvaredo que mesmo assim ainda fornece 14 a 16 amoras por ano.

O Tino gosta de ver o dinheiro a crescer entre a página do Forumdebolsa e do Footstar, enquanto mama duas minis e quem sabe ainda não lhe aparece por magia uma sandes na queijo na mesa e uma fatia de bolo.

No fundo, ambos são bons a ficar quietos a colher os louros da sua superior inteligência.

Duas sumidades do Impresso e duas referências para mim.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares