Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


A Inconstitucionalidade do corte dos subsídios de férias

por impressoemmeiahora, Quinta-feira, 05.07.12
- Uma chatice para o Governo.

- Não vai ser fácil chegar ao privado e dizer: não há subsídios. Para não falar que é totalmente ilegal. Privado é privado, governo não se deve intrometer em contratos privados.

- Foi uma cobardia chegar ao público e dizer: menos 20% e a coisa está resolvida.

Já se sabia que a coisa não ia resultar. Com o medo que todos temos, ninguém gasta nada. E se não se gasta não existem impostos. As pessoas limitam-se a pagar a casa e o essencial (também não dá para mais).

Os amigos de direita do PSD (e eu sou de direita) têm de se convencer de uma coisa, esta crise existe por duas razões:

- Primeiro, porque o estado esbanjou dinheiro até não mais poder (PPP; estradas, Hospitais EPE, RSI, Reformas aos 55...). Agora há que ir buscar esse mesmo dinheiro a quem o recebeu a mais: é preciso renegociar contratos e desfavorecer quem lucrou de forma totalmente descabida. Claro que isso é uma chatice. Porque era emprego certo depois de sair do governo, e porque a maioria destes que ganharam em exagero são amigos de copos, primos e cunhados. Mas convençam-se: ou fazem isso, ou dentro de pouco as pessoas vão "partir isto tudo". E sem paz social não há país que resista.

- Segundo, o privado tem de pagar melhor, tem de largar mais $ em ordenados e ter menos lucro. Mas cabe na cabeça de alguém que uma empresa que gera 10% de lucro ao ano (em milhões de facturação) pague 450 euros a um empregado? Esse lucro tem de ser muito mais devolvido, ou isso cria desiquilíbrios sociais de tal forma importantes que não tarda nada 5% da população tem 80% da riqueza. E isso era o que acontecia na Idade Média, mas é uma chatice.... mais uma... as pessoas não gostam da Idade Média.

Portanto, meus amigos: isto de se ser rico à força toda está-se a tornar um exagero. Quando as pessoas começam a não ter para o básico... começam a não achar piada nenhuma a isto. Por isso, para o bem de todos, vamos lá fazer as coisas como deve de ser porque quem tem MUITO vai continuar a ter muito, e quem tem pouco apenas quer um bocadinho mais para não ter que andar com a corda no pescoço.

Será assim tão complicado?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 23:24

2 comentários

De Anónimo a 16.07.2012 às 10:04

"ou isso cria desiquilíbrios sociais de tal forma importantes que não tarda nada 5% da população tem 80% da riqueza."

Em 2000.. 10% da população mundial controlava 85% da riqueza...

E 50% controlava no seu conjunto 1%...

Agora diz-me uma coisa Abel, estás preocupado com os pobres portugueses ou com os pobres ponto final?

De Abel a 16.07.2012 às 15:14

Eu não estou nem preocupado com os pobres, nem com os ricos. Simplesmente estou preocupado que se perca alguma organização social que nos permite viver uma vida sem grande criminalidade.

Será que não se percebe que destro de 10 anos quem não tem nada vai partir isto tudo? A história já mostrou que isso acontece sempre.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares


subscrever feeds