Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


Chapter One

por impressoemmeiahora, Sábado, 20.10.12

Herman Melville fez algum sucesso quando publicou as suas aventuras marítimas na Polinésia. Motins a bordo e tribos canibais constituiam o elemento fantástico daquele tempo antes da ficção cientifica. Depois decidiu escrever sobre baleias e perdeu quase tudo. A fama, o dinheiro, a alegria, excepto o talento. O livro tem capítulos copiados de tratados de anatomia. É na sua maioria aborrecido. Parece-me que se propos fazer algo para o qual não basta apenas o entusiasmo. Faltou a disciplina e o assunto. Se me perguntarem a mim as baleias não são grande filão e o mar, a não ser quando rabuja, é enfadonho. Salvam-se o início, que aqui reproduzo, e capítulo da perseguição à baleia.

 

Inicio neste blog a minha homenagem a escritores que por sorte ou jeito te seduzem ao primeiro parágrafo.

 

Leiam ao mesmo tempo que ouvem.


Chapter 1 - Loomings

 

Call me Ishmael. Some years ago- never mind how long precisely- having little or no money in my purse, and nothing particular to interest me on shore, I thought I would sail about a little and see the watery part of the world. It is a way I have of driving off the spleen and regulating the circulation. Whenever I find myself growing grim about the mouth; whenever it is a damp, drizzly November in my soul; whenever I find myself involuntarily pausing before coffin warehouses, and bringing up the rear of every funeral I meet; and especially whenever my hypos get such an upper hand of me, that it requires a strong moral principle to prevent me from deliberately stepping into the street, and methodically knocking people's hats off- then, I account it high time to get to sea as soon as I can. This is my substitute for pistol and ball. With a philosophical flourish Cato throws himself upon his sword; I quietly take to the ship. There is nothing surprising in this. If they but knew it, almost all men in their degree, some time or other, cherish very nearly the same feelings towards the ocean with me

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 21:01


Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares


subscrever feeds