Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


Mangas Curtas

por impressoemmeiahora, Sexta-feira, 31.08.12

Na sequência do post “Calças pretas” aproveita-se a época da apresentação da moda Outono Inverno para lançar a moda das Mangas Curtas…embora esta moda já cá governe há muito tempo.

 

Este post está escrito desde a campanha eleitoral de 2011 mas, por vários motivos, entre os quais a preguiça, foi ficando.

 

Durante a campanha eleitoral, foram noticiadas várias acções dos diversos partidos. Notou-se que uma das iniciativas da campanha do PCTP-MRPP foi reunir com meia dúzia de trabalhadores duma repartição/empresa pública que tinham aspeto de serem quadros intermédios/sub-chefes da mesma. Nas imagens, reunidos a volta de uma mesa estariam menos de 10 pessoas.

 

Mais recentemente, nas reportagens acerca do debate do Estado da Nação, verificou-se que o tempo de reportagem relativo ao PS foi muito menor e as suas interpelações foram tratadas ao de leve, ao invés do tempo de antena dado às novelas do bloco e comunistas. Exagerado foi também o tempo dado às discussões que geralmente a mulher dos verdes costuma criar e que já vem do tempo do Sócrates. Os jornalistas sabem que a confusão e palhaçada vendem e por isso dão tempo de antena a estas coisas, enquanto outras passam despercebidas ao povo que, entretido, só se apercebe quando as contas e leis lhe batem à porta.

 

Muita informação e contra-informação, poeira no ar, caretos de Bragança, cabeçudos de Viana, pauliteiros de Miranda, sete saias da Nazaré tem sido mostradas acerca das privatizações.

 

Assim:

- estes partidos fazem uma campanha inteligente -  vão directamente falar com quem manda, ou seja, com as chefias intermédias. Ao contrário dos chefes de cima, que mudam a cada eleição, os chefes intermédios ficam e tem enorme presença nos serviços públicos. Sabem as leis e maroscas todas para aproveitar todas as migalhas do estado. Caso não existam direitos suficientes, inventam-se excepções e adendas. Ensinam os colegas e subalternos a fazer o mesmo-  directamente ou por aprendizagem de exemplos; e estão em óptima posição para  doutrinar todos os trabalhadores com a propaganda destes partidos, servindo como força de bloqueio a qualquer coisa que se queira fazer. (Atenção que aqui a palavra chefes não significa necessariamente que tenham o título de chefes. Numa empresa, mais importantes que os chefes explícitos, são os chefes implícitos; os que mandam mesmo).

 

 

- esta ideia é extensível a todas as empresas que são alvo de reformas: RTP, TAP, Estaleiros, etc.

 

- Estes partidos têm um poder e tempo de antena em quantidades muito maiores do que seria esperado tendo em conta os resultados eleitorais.

 

- Há uma excessiva protecção da comunicação social a estes partidos – o jornalismo quer-se independente quer das pressões externas quer das próprias ideias e vontades do jornalista

 

- É engraçado como eles fazem para que o trabalhador se identifique com eles. Quando vêm anunciar alguma greve ou reunião de “trabalho” vão sempre de camisa ou pólo de manga curta, que é o traje que os operários usam quando não estão de fato macaco. Assim o povo acha que eles também são trabalhadores como os outros porque vestem igual. Mesmos os outros políticos fazem algo semelhante - arregaçam as mangas para dar a ideia que vão meter as mãos ao trabalho e que vão suar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 17:53

O Intes - Projecto o que sabes e pensas dos teus amigos

por NSR, Segunda-feira, 20.08.12

Proveniente de famílias humildes do Nordeste Transmontano, o Intes é o mentor deste Projecto e o quarto elemento a ser revisitado.

 

Após a recolha das variadas opiniões, este elemento doravante será conhecido como: Sr. Rodrigues o da Mercearia, Tarantino, Justicino, Gambler, Alcoólico Anónimo

 

 

Ideais Familiares:

 

- Prole numerosa que arrume a casa enquanto passa o dia no sofá

 

- Descendência genética e cultural é fundamental.

 

- Não quer ter animais domésticos

 

- Família é uma estrutura fundamental

 

- Independente, mantendo contudo uma relação saudável com a família

 

- Será um bom pai de família

 

- Ter uma casa para pernoitar em todos os distritos do país

 

- Toda a gente que conhece é família. Mas quem lhe dá de comer é mais.

 

- Tradicional

 

- Mulher que lhe coce o rabo enquanto acompanha os mercados

 

- Gosta de ameixas Rainha Dona Cláudia

 

- Quando não está de pijama, usa saias

 

- Regressar à terra onde encontra a paz, o Norte

 

- Elevada capacidade para viver no mato sem nenhum contacto familiar, se necessário.

 

 

Ideais Políticos:

 

- Atribui ao político o papel único e redutor de dinamizador da economia.

 

- Será aquele que melhor percebe os diferentes ideais políticos

 

- Daria um bom político, mas seria incompreendido pelo povo

 

- Socialista moderado

 

- Com rasgos liberais no que toca a economia

 

- Claramente de direita

 

- Criar uma nova doutrina política para proteger e potenciar os lucros dos que brincam aos mercados

 

- Vota em economistas. Patético.

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Sabe que os políticos são corruptíveis e, por isso, não confia

 

- Um Socratista camuflado

 

- Um Soarista convicto

 

- Um Guterrista dialogante

 

 

Ideais Económicos

 

- Tudo tem um preço e ele sabe qual é

 

- Perder o dinheiro todo na Bolsa

 

- Perder o dinheiro todo na Dona Branca

 

- Na improbabilidade de uma das duas acima não acontecer perderá o dinheiro todo no Casino

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Será um fenómeno, dos poucos no mundo que sabe como inventar dinheiro

 

- Se para o Abel o dinheiro é Imoral para este Sr. é Amoral.

 

- O capital é para investir em coisas - metade por saber, metade por fezada

 

- Capacidade inata para lidar com dinheiro

 

- Admite como possível a inevitabilidade do homem estar ao serviço da economia e não o contrário.

 

- Elevada capacidade de gestão do risco

 

- O dinheiro é para poupar mas também pode ser gasto ao serviço dos prazeres das pessoas

 

- Fazer dinheiro é um dos jogos mais divertidos que conhece.

 

- Rodear-se de pacóvios para financiar esquemas económicos

 

 

Ideais Religiosos

 

- Anticristo redentor. Ao contrário de Cristo que nos perdoou pelo nossos pecados do passado, este perdoa todos os vícios e para sempre.

 

- A religião não é algo que faça parte importante da vida, até porque pode ser considerada uma estupidez.

 

- Cifrões (ou euros) acima de tudo

 

- Talvez agnóstico.  Não pratica nem cumpre ritos (pelo menos não o manifesta) a não ser por questões culturais, nomeadamente, eventos familiares

 

- Católico contemporâneo

 

- Considera os 10 mandamentos boas orientações de vida.

 

- Respeita a religião

 

- O problema são mesmo os horários matinais das missas

 

- Deus no Céu e Intes na Terra

 

- Daria um bom acólito

 

- Tornar-se monge trapista apenas para produzir cerveja

 

- Acredita que se há um Deus este não intervém, ou seja que Deus é um gajo que não faz nada.

 

 

Ideais Gastronómicos

 

- Comportamento desviante com o álcool

 

- Uma mula na mesa!

 

- Tudo desde que seja acompanhado por álcool

 

- Comer é um prazer

 

- Bem regado

 

- Não se deixa enganar quando lhe servem porco por leitão.

 

- Elevada reserva  para citólise hepática.

 

- Francesinha!!!!!!!

 

- Cerveja ou vinho com qualquer coisa a acompanhar

 

- Entre o muito e o bom

 

- Manter níveis constantes de tintol para acalmar o trémulo

 

- Palato estreito, preferencialmente banhado por licores que estimulem nobres funções.

 

- Cerveja não é uma bebida é um carburante.

 

 

Ideais Médicos

 

- Certificar-se que o capoeiro de Vairão dispõe de balneários, casa de banho para as galinhas incapacitadas e higienização dos ovos

 

- Todas as áreas do conhecimento humano deviam ter um contabilista. Até a Medicina.

 

- Globalmente, um óptimo gestor médico

 

- Desprovido de interesses corporativistas

 

- Kaiser Permanente

 

- Os médicos poderiam garantir a justiça social

 

- Daria um bom gestor hospitalar

 

- Epidemiologia, Saúde Pública

 

- É um trabalho

 

- Ocupação dos tempos livres

 

- Queria gostar mais, mas a cabeça já tem muito que fazer

 

- Senhora Maria o sal para si ACABOU!!!!

 

 

E assim termina esta autópsia, em que o única coisa que se encontrou foi álcool, euros e pouco mais.

 

Não percam o próximo episódio que será o último deste Projecto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 13:28

Vamos de Bicicleta para a Foz do Arelho

por impressoemmeiahora, Quarta-feira, 15.08.12

Aí está.

 

Vindo do nada, vindo de onde menos se esperava. Não, não foi a Clara que deu a ideia mas antes o Tino que decidiu mudar as férias para se juntar a nós em mais uma semana de regabofe. Depois de todas as tentativas para o convencer, oferecendo dormida, comida, bebida, roupa lavada... mal nós sabíamos que o segredo estava numa jornada ciclistica.

 

A ideia caiu que nem uma bomba.

 

O desafio está feito. Por motivos pessoais, familiares, económicos, ambientais, logísticos, religiosos, idiotice e necessidade de afirmação, desta vez, o caminho para as férias merecidas será feito de bicicleta.

 

Para alguns é um prémio, para outros um castigo. No final, todos terão a sensação de vitória e aquela sensação de imunidade às agruras da natureza.

 

 

 

Uta da loucura
É imaginar as dificuldades, os furos, o Barros a roçar a roda, os tascos para merendar, o vento... A lista já conta com 7 pessoas inscritas. E tu?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 22:26

VI: ELA SENTADA

por NSR, Sexta-feira, 10.08.12

Um vídeo único... não se deixem abater pelo primeiro minuto, a partir daí é sempre a melhorar! Deixo-vos com João Ricardo de Barros Oliveira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 22:28

O Figas - Projecto o que sabes e pensas dos teus amigos

por NSR, Sexta-feira, 03.08.12

Proveniente de famílias humildes do Minho, o Figas é o terceiro elemento a ser revisitado por este Projecto.

 

Um forte adepto da iniciativa privada, este elemento conta já no seu extenso e vasto currículo como fundador de 0 empresas.

 

Após a recolha das variadas opiniões, este elemento doravante será conhecido como: Acólito dos relvados, D.Januário, Petroleiro, Fodinhas, Taberneiro, Jan Ullrich de Âncora.

 

Ideais Familiares:

- Cozinhar, Lavar, Limpar, fazer tudo o que uma boa dona de casa sabe fazer!

 

- Tradicional

 

- Familia é uma estrutura fundamental

 

- Conceito apurado de família

 

- Adormecer no sofá com a esposa às 9 horas da noite

 

- Será um bom pai de família

 

- Será uma boa mãe de família

 

- Poder gravar todos as etapas do Tour (box cheia com gravações da novela da Natacha)

 

- O que a cara metade desejar

 

- É um homem moderno. Usa saias

 

- Tem interesse particular em ser pai de família. Menos em ter família.

 

- Projecto pessoal importante que necessita cálculos e ponderação.

 

- Por vezes exagera o conceito familiar, com viagens de 3000Km de sofrimento



Ideais Políticos:

- Homem de direita, conservador nos costumes e liberal económico

 

- Diagnósticos não são soluções

 

- Acha giro o liberalismo mas não deve passar de um socialista. Debita ideais liberais, mas não sei se tem coragem para os cumprir.

 

- Toque nacionalista, não vê com bons olhos os mamões estrangeiros

 

- Dada a religião, familia, será mais um Centrista-conservador-social-cristão

 

- Ressuscitar os Habsburgos

 

- Claramente de direita

 

- A história repete-se

 

- Vê a política para além do básico, opiniões sólidas

 

- Daria um bom presidente de Junta, mas seria incompreendido pela população

 

- Único elemento dos 5 alguma vez filiado num partido político…

 

- ANTI Soares, Guterres e Sócrates

 

- É contra a existência de sindicatos

 

- É gajo para arranjar desculpa para votar sempre num tipo parecido com Mário Soares.

 

- Resiste numa visão do capitalismo regulado cuja tentativa de aplicação falhou uma e outra vez desde o início do sec. XX

 

 

Ideais Económicos

- Arbeit macht frei

 

- Trabalhar

 

- Trabalhar Mais!!!

 

- Economicamente inteligente e poupado

 

- Agora está numa de liberalismo e anti-serviços - mas se lhe pisarem os calos muda

 

- Parece assumir a interpretação errada do Jardim do Eden segundo a qual ao atrevimento do homem, Deus castigou com o trabalho.

 

- Arrisca com ponderação

 

- Ressabiado por ter sido preterido como braço direito do Tino nas questões económicas

 

- Apesar de poupado, não é agarrado

 

- O dinheiro é para poupar mas também pode ser gasto ao serviço dos prazeres das pessoas

 

- Sabe que qualquer produto tem uma marca, uma qualidade e um preço - mas só este último é que interessa

 

- Casou-se para ter benefícios fiscais. Está tudo dito.

 

 

Ideais Religiosos

- Quer preservar o lugar da religião na sociedade mas está a ver o caso mal parado

 

- Catolico conservador

 

- Casar com uma não crente como forma de demonstrar o seu amor a Deus

 

- Católico

 

- Admite o defeito dos outros mais do que ninguém mas fá-lo por desvalorização interna do outro

 

- Recita passagens da Bíblia para irritar o Xi-Cotão e fazer rir o Araújo

 

- Católico convicto

 

- Equilibrado e com bom senso

 

- Daria um bom padre

 

- Não admite outra visão moral que não a dele próprio

 

- Católico Apostólico Romano

 

- Casar com véu e grinalda

 

- Católico que dorme com a bíblia na mesinha de cabeceira

 

- A leitura da bíblia nunca foi feita para a entender mas para se justificar

 

 

Ideais Gastronómicos

- Comer não é uma coisa técnica - é um prazer, é a sua cultura familiar. Vive a comer. Por vezes parece que se interessa pela qualidade mas é como o Abel - Muito chega.

 

- Ambivalente: prendado na cozinha mas fã do McDonalds

 

- Francesinha no Café Novo, mas com aqueles rissóis antes.

 

- Come de tudo, não é esquisito

 

- Ter todos os electrodométicos existentes

 

- Boa companhia à mesa

 

- Bem regado

 

- Excelente cozinheiro

 

- Não se permite a surpresa de um tomate à sobremesa

 

- Sobremesa

 

- Arroz doce da mãe Zeza

 

- Excelente chef de refeitório

 

- Quando se convencerá que o verbo cozinhar começa meses atrás na terra?

 

- É o Rei dos Buffets, ALL YOU CAN EAT

 

 

Ideais Médicos

- Velho do Restelo que fala mal do sistema mas nada faz para o alterar

 

- Gostava que fosse o meu médico de família

 

- Extensão do seu ideário, tendo dificuldade na distinção entre homem e médico.

 

- Elevados valores morais médicos

 

- Não passa baixas

 

- Boa capacidade para organização de cuidados médicos

 

- Medicina baseada na evidência

 

- É um trabalho

 

- Queria gostar mais, mas a cabeça já tem muito que fazer

 

- É um Anjo da Noite

 

- Gosta do exercicío que relaciona a vida das pessoas às doenças

 

- Pau mandado de um grupo de mulheres incompetentes




Aguardam-se mais críticas nos comentários como vem sendo habitual.

 

Ahhh... e o próximo também está bom.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 20:06


Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares


subscrever feeds