Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


Talento

por NSR, Sábado, 30.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 17:20

Obrigado Tino

por impressoemmeiahora, Sexta-feira, 22.06.12

Acho que é um Obrigado que peca por tardio.

 

Temos de ser assertivos neste assunto: estamos a falar de muito dinheiro. Dinheiro não é tudo, aliás, é o de menos. A importância do dinheiro neste blog é algo diferente da importância que habitualmente lhe é dada: aqui não se quer dinheiro para comprar grandes casas ou carros ou para fazer grandes passeatas. Basicamente aqui o dinheiro é apenas visto como uma maneira de não nos estarem sempre a "foder" a cabeça. Ainda pensei em alguns sinónimos para a palavra anterior entre aspas mas desisti, afinal é a palavra que melhor expressa o sentimento que se pretende transmitir e, como tal, seria pecaminoso substituí-la.

 

Digo Obrigado Tino porque não é todos os dias que alguém descobre como inventar dinheiro. É certo que tal não é feito aumentando a produção do País, tendo como base grandes valores sociais ou grandes projectos que geram emprego. De facto, é uma maneira de gerar dinheiro inútil. Mas gera dinheiro... e muito. Acho que substimamos esta descoberta.

 

Sei que existe muito descrente por aqui. Sei que alguns me vêm até como um crente em situações impossíveis (sobre isso existe um estudo em curso). O sentimento que retribuo é de alguma paciência pois, sem reservas, é a vossa ignorância sobre o tema que vos faz duvidar. Não se fala em fé aqui, fala-se em tempo. É apenas uma questão de tempo para que no Impresso se invente dinheiro.

 

Sei que isto causa alguma confusão. Sei que isto para alguns parece impossível. Mas não o é.

 

Partilho aqui um email pessoal.

 

"Não tenho dúvidas que a maior parte dos nossos colegas só pensa em medicina e nada mais. Foram fabricados pelo sistema para serem aquilo e fazem apenas o que é esperado deles (são necessárias algumas pessoas assim também, nada contra, o XXX é um desses, dos certinhos, dos alinhados hehehe).

Sim, podem ser inteligentes, mas chegaram a um ponto em que se deixaram limitar: não são criativos, não arriscam, falta-lhes imaginação, falta-lhes inconformismo, no fundo falta um pensamento divergente. Um exemplo que só de pensar nisso é ridículo: Até a merda dos jantares de curso quem é que organizava!?!?
E quando envelhecem só se sabem queixar do sistema, do sistema que eles nunca tentaram mudar, nunca tentaram melhorar, porque se acomodaram, porque nunca usaram as suas potencialidades para alterar nada do que está à volta. 
Ficaram parados no tempo, estáticos, no seu cantinho, no seu consultório, no seu serviço, acham que são melhores que os colegas, que os doentes e a população em geral apenas por terem um diploma de médico, quando no fundo a maior parte são uns autistas, não conhecem o mundo, não conhecem a realidade do que se passa na porta ao lado.
Como dizes eu nunca acreditei muito na Medicina... para ganhar a vida... Acho que poderia ser igualmente competente em inúmeras áreas, desde química, informática, contabilidade, sei lá. Vim para Medicina porque olha, os bons alunos vão para Medicina e porque sei que era um orgulho para os meus Pais e Avós. Portanto já tive a minha fase de alinhado com o sistema e já dei essa alegria aos meus Pais, por isso agora o objectivo é conseguir ser independente financeiramente do trabalho para poder fazer algo de diferente na vida."
</p>

 

Pela minha parte, em poucas palavras, fica o agradecimento ao Tino por me fazer um homem rico. E agradeço-lhe também pela minha família e pelos restantes elementos deste blog que não sabem mas que também vão ficar ricos. Escrevo isto agora pois daqui a uns anos, quando o mundo descobrir este blog e as ideias utópicas nele defendidas, ser-me-á dada razão. Até lá, tenho de vos sofrer, na alegria de saber que é nesta diversidade de ideias que reside a nossa amizade. 

 

Fico contente por ainda conseguir escrever estes textos sonhadores. É sinal que mantenho a minha saúde mental intacta e a minha orientação de vida no sentido correcto.

 

Em baixo, o cruzamento entre a localização das derrotas reais do fundo D. Branca numa sequência de jogos e o modelo Teórico do mesmo com 93% de acertos (que é a taxa de acertos do Fundo até à data). A concordância entre o esperado e o real deve, pelo menos, despertar alguma curiosidade. Reparem que em cerca de 12% das vezes deveríamos chegar aos 30 jogos consecuticos.... e na realidade o conseguimos efectivamente em 12% das vezes.

 

Isto é utopia? As novas Guidelines da Insuficiencia Cardíaca estão a anos luz do nosso grau de evidência.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 17:12

Projecto: O que sabes e pensas dos teus amigos

por NSR, Domingo, 17.06.12

Em breve...

 

TODA A VERDADE sobre os elementos deste blog!

 

Consultem o vosso email...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 19:52

A vida de um trabalhador - Sigamos o seu exemplo

por impressoemmeiahora, Segunda-feira, 11.06.12

A trabalhar à hora e a ser alimentado com enchidos... assim tem andado a vida de Francisco Monteiro. Revoltado com a Medicina, incapaz de se habituar quer à mama passiva do estado quer ao trabalho à hora de empresas contratadas sem escrúpulos, Francisco decidiu mover-se, definitivamente, para a sua paixão nunca esquecida.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 20:55

Cipolini reincarnado

por impressoemmeiahora, Quarta-feira, 06.06.12

O espirito deste ciclista vagueia à procura de semelhante corpo. Além disso precisa de uma jingueleta. Quem quiser receber este espirito tem que primeiro comprar a jinga. Para ajudar os interessados...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 10:33

Quero ver a ala de direita desde blog em força!

por impressoemmeiahora, Terça-feira, 05.06.12

"Esta foi a semana zero do fim do Serviço Nacional de Saúde! Ou em linguagem histórica, foi a “semana D”, a semana em que as tropas do neoliberalismo, comandadas por Paulo Macedo, ao serviço do governo da Troika, desembocaram na praia do Mindelo, prontas a atacar de forma rápida e eficaz todas as instituições do SNS. O objetivo é claro: não deixar pedra sobre pedra, aniquilar o mais rápido possível o adversário, retirar-lhe as armas e deixá-lo indefeso! Os aliados, sentados no Bundestag, em Frankfurt e em Bruxelas estão atentos a cada movimentação das suas tropas – a vitória nesta batalha abre caminho para uma escalada da guerra cada vez mais eficaz e que terminará com a vitória do neoliberalismo em toda a Europa!

Os serviços partilhados do ministério da Saúde publicaram esta semana um concurso público para a celebração de contratos com empresas de trabalho temporário (ETT), que visa a contratação de médicos para as instituições do SNS, em regime de prestação de serviços, pagos à hora. O documento faz um plano das necessidades de médicos nos hospitais e centros de saúde, divide-os por horas-ano e estabelece as novas regras de contratação. As instituições do SNS passam a contratar não médicos mas serviços, por hora, a ETT que disponham de quadros de médicos. Todas as funções são alvo de contratação, não só urgências (como no passado) mas tudo: consultas, cirurgias, internamento, serviços pré-hospitalares, cuidados intensivos, TUDO! Os contratos terão a duração de 12 meses e, sempre que a ETT o desejar, esta pode substituir o médico a seu bel-prazer – ao fim e ao cabo, o hospital contrata os serviços da ETT, não contrata médicos. O único critério de escolha é “o mais baixo preço-hora”. Não é a qualidade do técnico, não é a sua diferenciação numa área em particular, não é o seu “know-how” acerca do trabalho que vai fazer, é o preço. Quem ganha a colocação por 12 meses é o mais barato e não o melhor ou o mais adequado à função.

O documento estipula ainda que nos centros de saúde o médico-hora-temporário tenha como únicas obrigações realizar 4 consultas por hora (15 minutos para cada uma) e fazer atendimento pediátrico. Não interessa que tipo de consulta é (materno-infantil, de hipertensão, de pediatria…), desde que demore apenas 15 minutos. Também não interessa que esse médico-hora-temporário não seja sempre a mesma pessoa e esteja constantemente a ser mudado pela ETT – conheça ou não conheça os doentes que tem à sua frente, tem é que demorar apenas 15 minutos. Não interesse se é especialista em medicina geral e familiar. Não interessa que tipo de formação tem. Não interessa se alguma vez praticou clínica de cuidados primários. Não interessa se alguma vez na vida observou uma criança. O que interessa é que demore 15 minutos. E que veja muitas criancinhas – de preferência em 15 minutos!

Quando aponta as necessidades, o documento fala na contratação, através de trabalho temporário, dum total de 2,5 milhões de horas por ano. O que equivale a 1700 médicos em horário completo. Simples e claro, o ministério pretende não voltar a contratar mais nenhum médico para funções permanentes, apesar de existirem essas necessidades claramente apontadas (1700 médicos!!!), pretende sim contratar o tipo mais barato, não importa a qualidade, por uns mesitos e depois troca-o por outro qualquer!

Não sei se as pessoas que leem isto entendem a gravidade deste documento. Não sei se as pessoas entendem que isto significa o fim da carreira médica em Portugal. Não sei se as pessoas entendem que não se faz medicina no séc. XXI sem trabalho de equipa e sem abordagens multidisciplinares. Não sei se as pessoas entendem que não podem existir equipas médicas funcionais que durem só 12 meses. Não sei se as pessoas entendem que os serviços médicos vão ser entregues a ETT’s. Não sei se as pessoas percebem que a ausência de critérios de qualidade significa o fim de serviços de saúde de qualidade. Não sei se as pessoas entendem que sem um contrato permanente podem ter vários médicos ao longo do ano. Não sei se as pessoas entendem que a relação médico-doente não pode ser promíscua, ou não há relação médico-doente. Não sei se as pessoas entendem que isto significa o fim do SNS em todo o seu esplendor!

Não sei se as pessoas entendem tudo isto. Mas se não entendem, deixem que vos diga que há quem entenda. E quem entendeu bem e prontamente foram as ETT. O documento do ministério saiu esta semana e no dia seguinte havia já uma ETT de trabalho médico pronta a investir e a recrutar médicos, pois teve o desplante de enviar a muitos médicos do SNS este e-mail:

“Caro Doutor,

Um dos projectos ongoingda XXXpassa pela constituição de uma equipa de profissionais médicos de diversas especialidades para todo o território continental. A área de actuação abrangerá diferentes serviços e/ou valências que vão desde as Consultas, Cirurgias, Urgências, Hospital de dia, MCDT, Cuidados intermédios e intensivos, VMER, Cuidados Primários, Bloco Operatório, entre outras.

Actualmente a SPMS- Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE assegura a prestação de serviços partilhados ao nível de compras e logística, gestão financeira, recursos humanos especializados e sistemas TIC – Tecnologias de Informação e Comunicação para as entidades que integram o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Dentro desta filosofia, a SPMS arrancou na semana passada com a compra centralizada de prestação de serviços médicos, Projecto ao qual a XXXirá concorrer, sendo que não sabemos ainda se esta metodologia será já para substituir os modelos de contratação existentes ainda este ano ou só para o próximo(2013).

De qualquer forma, trata-se de um procedimento concursal regido pelo CCP (Código Contratos Públicos) e como tal são necessários um conjunto alargado de documentos e declarações, quer para as empresas concorrentes, quer para os profissionais. Este trabalho requer a validação de TODA a documentação exigida no concurso para TODOS os profissionais a afectar, sob pena de estes não serem considerados elegíveis e, consequentemente, não poderem fazer parte do concurso.

Neste sentido, e se o Projecto for do seu interesse, iremos necessitar que preencha e nos envie as Declarações que estão em anexo, devidamente assinadas conforme B.I. e/ou C.C…”

 

Bruno Maia

http://www.esquerda.net/opiniao/semana-zero-do-sns/23414

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 17:19

Sejamos sérios...

por NSR, Sexta-feira, 01.06.12

A notícia anterior falava do Sporting, mas falemos do Porto também, peguei nas mesmas palavras e substituí apenas os valores que retirei do relatório e contas.

 

 

Porto com prejuízo de 22 milhões

 A SAD portista anunciou hoje ao mercado que registou prejuízo de 22 milhões de euros nos primeiros nove meses do exercício.

 

O resultado compara com o prejuízo de dois milhões de euros alcançado em igual período do ano passado, segundo comunicado emitido na CMVM, o regulador do mercado português.

 

Entre Julho do ano passado e Março de 2012, o passivo portista engordou em mais de 12 milhões e é agora superior a 214 milhões de euros, (...)". O valor do activo cobre o do passivo e a dívida financeira aumentou de 88 para 94 milhões de euros no mesmo período.

 

No documento dá-se ainda conta de uma subida (...) dos custos com o pessoal - num ano cresceram 2 milhões de euros (..)

 

Em termos de proveitos, as receitas de bilheteira desceram 6,5% e as receitas conseguidas com a participação nas competições europeias cifraram-se em 5,7 milhões de euros.

 

APESAR DISTO HÁ BOAS NOVAS

 

 PARA O PORTO:

 

Ainda detém parte significativa dos passes do plantel

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por NSR às 21:38


Comentários recentes

  • Anónimo

    Hum hum...

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares


subscrever feeds