Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


ecology as an hoax, the abuse of vegetational concepts and my garden

por impressoemmeiahora, Quarta-feira, 12.09.12

É assustadora a facilidade com esquecemos que o nosso ideário comum é fruto de construçoes dos nossos semelhantes tão humanos e portanto tão falíveis ou manipuladores quantos nós podemos ser. Ao longo do sec XX é possível identificar uma série de momentos e personagens que juntos terão ajudado a construir a visão actual do mundo mas se encontram soterrados por sucessivas narrativas desinteressantes.

 

Dos estudos de Arthur Tansley que cunhou a palavra ecosistema e das ideias poderosas de Buckminster Fuller que inventou o conceito de Spaceship Earth cresceu a ideia do mundo como um sistema reticular com fluxos de energia, auto regulado e auto organizado que, deixado a trabalhar sozinho seguiria a sua lógica. O desenvolvimento deste conceito apaixonante, tão arreigado hoje nos nossos conciente e inconciente é hoje tido como falso. A ecologia contemporanea tem hoje uma visão diferente uma de instabilidade e dinamismo. Não existe nenhum equilibrio na natureza, mas como acontece com todas as ideias poderosas, o mito manteve-se. E tornou-se de tal forma influente nas elites ocidentais que começou a entrar nas mentes do público.

 

Curiosamente, esta visão, projectada nos anos 50 por cientistas ambiciosos que plasmavam o mundo de forma estática e auto regulada foi rapidamente transporta para a organização social. A desilusão com a política e classe política na altura em que surgiram estes conceitos levou ao surgimento das famosas comunidades hippies nos EUA que se identificavam com este sistema "natural" de equilíbrio e o queriam replicar nas relações humanas. O sonho de uma comunidade auto organizavel de individuos, sem líderes era demasiado forte e uma alternativa fácil às ideias desacreditadas dos políticos.

 

Quando estudos mais sérios e completos revelaram a complexidade e impredictabilidade da natureza já este conceito tinha criado raizes e ainda hoje se mantem com consequencias imperceptíveis a muitos. Posteriormente nasceram os movimentos conservacionistas que estupidamente pretendem dizimar as acacias da face da terra por as considerarem invasoras... mas pior de tudo nasceu a ideia de que naturalemente se tende para o equilibrio e por isso tudo se deve manter igual. Arthur Tansley, um dos responsáveis por estes conceitos, chegou mesmo a publicar um estudo intitulado: "Abuse of vegetational concepts" onde critica governantes por utilizarem estes conceitos e promoverem uma sociedade estática sem mobilidade social onde por ex: pretos seriam pretos e pobres para sempre porque esse é o equilibrio natural.

 

E muito mais haveria para dizer sobre ecologia e o famoso equilibrio. Estamos esclerecidos quanto ao meu horror a esse equilibrio.

 

Actualmente este conceito não é activamente combatido por falta de interesse no seu desaparecimento. Mas outros conceitos importante seriam importantes de transmitir ao publico apesar de daqui a alguns anos podemos estar a falar deles da mesma maneira que hoje falo dos conceitos antigos. Chamo a vossa atenção para este video onde em poucos minutos se ofereço um novo paradigma para repensar o mundo.

 

Isto surgiu-me da insistência de um degenerado minhoto em denegrir os meus cultivos. Segundo a minha perspectiva é inglório e pouco produtivo forçar as espécies à minha vontade pura e simplesmente. Vou mais além. Conhecendo as espécies nas sua profundidade observando as suas relações é possível "manipular" e fazer com as espécies aquilo que o milho ou a relva faz connosco.
Não vos consigo descrever de maneira mais lúcida um conceito que ainda para mim é nebuloso pois ainda não sei bem como aplica-lo. Como o video melhor que eu explica, não é preciso subtrair à natureza para tu teres alguma coisa. Se desde o início te incluires na natureza e não te colocares como ser separado só precisas de promover a saúde global do sistema e orienta-lo no sentido desejado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 23:37

5 comentários

De Dúvida a 13.09.2012 às 09:35

E se o sistema, que como demonstraste é dinamico e imprevisivel, começar a ir por um caminho que não te garante o conforto, a quantidade, a variedade, qualidade e a temporalidade que desejas? E se prespectivares a agricultura convencional como: "E se tiveres conhecimentos e técncias que te permitam manobrar o sistema a teu favor, porque não usar?"

De X a 20.09.2012 às 22:46

Exactamente. Eu digo que se deve orientar o sistema a nossso favor.

De Barros a 14.09.2012 às 13:36

Chico, não me forniques com essa do " sistema reticular com fluxos de energia". Vejo pouca diferença entre acreditar nisso e no Deus do Figueiras.
Essa ideia de deixar as espécies a crescerem naturalmente é muito romântica mas é pouco produtiva. Dá certamente produtos de boa qualidade mas apenas para ti, Filipa e Simão. Agora se quiseres seres de facto produtivo de forma a poderes oferecer uns tomates ou umas alfaces aos teus amigos, tens de ter uma horta organizada e usares os conhecimentos existentes para manipular (sem " " porque não tenho pruridos em usar esta palavra quando falo de plantas) as espécies em teu proveito.

De X a 20.09.2012 às 22:48

Não entendeste nada. És burro ou desatento.

Volta a ler.

E ve o video pelo menos umavez.

De E esta hein? a 04.10.2012 às 17:44

http://expresso.sapo.pt/vaca-geneticamente-modificada-produz-leite-hipoalergico=f757794

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...

  • Anónimo

    Parece o Kursk!Ups! Esse é outro elemento aqui do ...

  • Anónimo

    Não pode ser. Temos de salvar este Salgueiros.





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares