Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 


Lagos de Covadonga/Angliru

por impressoemmeiahora, Quarta-feira, 20.07.11

Fim de Semana Ciclístico com acompanhamento.

 

Proposta: Fim de semana com as duas subidas mais épicas da volta a Espanha.

 

Datas: 20 e 21 Agosto ou 3 e 4 de Setembro (ou outra sugerida).

 

Plano: Saída do Porto Sábado de Madrugada (6H) com viagem até aos lagos de Covadonga – 557Km de viagem. Subida mítica e memorável no Sábado de manhã. 

 

 

 

Pernoite numa das muitas estalagens de Covadonga (20 a 30 euros por pessoa).

 

Domingo pela matina ligação de 89.7Km até la Vega Riosa, para a mítica subida do Angliru.

 

 

 

Regresso ao Porto no Domingo à tarde (487 KM).

 

Aceitam-se sugestões/melhorias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por impressoemmeiahora às 14:09

28 comentários

De Medricas...mas vai a 20.07.2011 às 19:21

Quem é que conduz no domingo a tarde?

De v.a. a 20.07.2011 às 21:21

quem conseguir carregar na embraiagem até ao fundo

De Indurain a 20.07.2011 às 22:30

O Barros já vem resolver isto.

De O tal... a 21.07.2011 às 01:14

O que eu me ri com isto.

Vejo que está de volta a silly season ciclística.

De Barros a 21.07.2011 às 22:04

Mas quem foi o idiota que escreveu isto? O desempregado ou o lírico das ilhas?
Duas subidas dois dias seguidos? E no fim quase 500 km - 5 horas de viagem até casa?
Eu proponho o seguinte: sair cedo no Sabado mas a horas decentes que eu não matei ninguém, fazer uma subida no sábado, aproveitar a noite por lá e no Domingo sai-se tranquilamente para regressar.
Parece-me mais equilibrado e pode ser que se desfrute o fds.
Eu prefiro o 20 Agosto - faço urgencia a 2 Setembro de noite mas também dá para ir.

De Ulha, Ulha a 21.07.2011 às 23:21

Óptima pergunta. Inclino-me mais para o minhoto vendido aos ilhéus.

De O Lírico das Ilhas a 22.07.2011 às 00:28

Podíamos era ir um dia antes, na quinta à tarde. Fazia-se uma subida na sexta, outra no sábado e aproveitava-se para umas mini-férias.

Quanto aos insultos pessoais que de que estou a ser alvo pelo doméstico de sequeira e pelo cú aparcado na poltrona de Lisboa: desse lado não sai uma ideia para nada.

De Desiludido a 22.07.2011 às 08:25

Se perante a possibilidade de uma rampazinha esta tarde o medo inundou os habitantes de matosinhos (todos eles) pressinto a possibildade de baixas médicas em Agosto.

De B.A. a 22.07.2011 às 10:16

Todos eles é falso, que eu também sou de matosinhos. Não te disse que podias contar com a minha pessoa?

De Barros a 22.07.2011 às 11:39

Ó manso das ilhas, ainda estás convencido que consegues fazer duas subidas em dias seguidos? Aproveita o ambiente tranquilo dos Açores para fazeres uma viagem intropectiva de forma a conheceres-te melhor.
Fazendo uma etapa de 50 km com a subida no final (sim, não vamos começar logo a andar nas rampas de 20%) é suficiente para ficares com os músculos moídos por uns dias. Podemos ir no Sábado de manhã (começamos a andar à hora do almoço) ou na sexta de tarde (aí já dá para começar a andar logo de manhã). Por mim pode ser de qualquer das formas. O Gil também vai? Pago para ver isso. E o enjoadinho?

De o tal a 22.07.2011 às 12:14

De facto, da última vez que me viste subir uma montanha pagaste... o gasóleo do carro em que ias.

De o mesmo tal a 22.07.2011 às 19:14

mas não te preocupes, que desta vez nem pagando o gasóleo nem pagando a tua auto-aposta me vês subir.

De Abel a 22.07.2011 às 14:30

Eu só sei uma coisa: vou fazer as duas subidas. Já contactei o 2º ciclista com tomates do grupo e se necessário vamos na 4ª ou na 3ª ou na 2ª feira. Mas vamos.

Agradecia igualmente que me informassem do próximo acesso de mariquice de alguns indivíduos. Só para saber como andam as coisas. É que pels vistos eu é que ando pelos Açores e por Lisboa mas ainda não me acagaço facilmente.

De Observador a 22.07.2011 às 15:10

Caro AA está completamente obcecado com estas duas subidas.

Já contactou o desempregado que está na disposição de se necessário ir contigo na 4ª ou na 3ª ou na 2ª feira. Claro que está! Não é uma questão de tomates é uma questão de horários.

Será que vocês querem fazer isto apenas para poderem dizer que o Barros não fez?!?!? É o que parece.

O espírito inicial destas subidas/passeios pareceu-me ser em primeira instância o convívio e amena competição e nunca o subir aos pares os topos das montanhas mais difíceis. Que se queira ir subindo de dificuldade e trocando de vistas, parece-me normal. Agora querer empacotar 2 subidas desta dificuldade sem treinos óbvios para as mesmas apenas porque sim, para despachar, isso é que não é certamente o espírito.

Por fim dizes no início do post "Fim de Semana Ciclístico com acompanhamento".

Que acompanhamento é este? Do vento, dos passarinhos, do calor infernal?

De Mete Nojo a 22.07.2011 às 15:22

Em Setembro dia 4, um dos dias previstos para esta dupla subida, a etapa da Vuelta acaba no Anglirú. Estou a pensar subir ao mesmo tempo que o pelotão. E vocês?

De Abel a 22.07.2011 às 16:11

Vamos por partes: as subidas estão distânciadas por 80km sendo por isso um desperdício fazer apenas uma. Ambas as subidas têm cerca de 13km, que não são todos propriamente a 20%, grande parte do percurso anda pelos 6% não sendo propriamente nada de hérculeo a realização das 2. Já fizemos coisas globalmente bem mais difíceis. Mas se é muito complicado, faz-se apenas uma. Quanto ao acompanhamento, as meninas respectivas estão convidadas.

De O de Matosinhos a 23.07.2011 às 21:10

Vamos e fazemos as duas no mesmo dia!
Sai-se do sopé dos Lagos, sobe-se aos lagos, desce-se, vai-se ao Angliru, sobe-se, desce-se, um frisumo ananás e cama.
No dia a seguir fazemos um pic-nic com as Senhoras e voltamos.

Feito!

De Abel a 24.07.2011 às 01:02

Foda-se... isso acho que não conseguimos. Mas sou gajo para tentar se existir pelotão de aventura.

De Barros a 24.07.2011 às 21:49

Gostei da observação do observador, finalmente um pouco de bom senso e sanidade mental neste blogue.
Abel, aviso-te desde já que também tu tens faltas nas etapas ciclísticas. Este fim-de-semana fez-se a etapa Santo Tirso- Monte Sra Assunção- Seroa- Santo Tirso. Boa etapa, faltou apenas o repasto no final.
Abel, uma pergunta: andar de bicleta é só subir e descer? Então sugiro parares de carro no início das subidas de 20% e já está, fica feito. E esta obcessão/ obrigação pelas subidas deve-se a quê? Fazem parte do currículo da Medicina Interna?
Abel, parece-me que andas com excesso de energia acumulada; se quiseres dás-me uma ligadela e eu dou-te umas dicas para tratares disso.
Abel, não tenho mais nada para te dizer.

De Abel a 24.07.2011 às 23:08

Acho que devias diversificar esse vocabulário. 4 vezes o meu nome em 9 linhas é, digamos, uma rima pobre.

Quanto ao conteúdo do comentário em si: não percebo o a excessiva importância que é dada à opinião do Barros por aqui. Com o Barros já se sabe o que a casa gasta: no fim vai sempre. E essa é uma das muitas qualidades que aprecio nele.

Falando especificamente de ciclismo, vejo muita crítica e poucas alternativas. Eu estou de férias logo estou folgado. O Xico está de férias logo está folgado. O Tino já me garantiu perentoriamente que não vai pois tem festa. Barros e Figueiras, como vai ser? Vejo muito reú peu peu mas quero é disponibiliades no papel se faz favor. De resto, Capela e Gil?

De Barros a 25.07.2011 às 13:09

Abel, eu vou com as devidas condições que já referi.
Abel, se estivesses mais atento ao que fui escrevendo percebias que já fiz várias sugestões mas não me vou repetir.
Abel, como tenho receio que não tenhas percebido o que ficou subentendido no meu ultimo comentário, vou ser mais explícito: não quero subir, descer e já está. Podemos começar em Oviedo e subir o Angliru (20Km) e depois programar um regresso por um trajecto diferente, reletivamente plano. No máximo 50 ou 60 km de etapa.

De Abel a 25.07.2011 às 16:24

Já podias ter dito. TAnto ruído de fundo para uma coisa tão simples.

Em vez de usares o insulto como forma de comunicação, se te explicasses como uma pessoa normal de vez em quando poupavas-nos precioso tempo.

Vou sugerir uma etapa com as tuas condições ainda hoje.

De Barros a 25.07.2011 às 19:09

Abel Alves ligou-me há pouco por sentir a sua dignidade moral e intelectual ferida pelos meus últimos comentários.
Prometo moderar a agressividade latente nas minhas frases durante o resto do dia.
Amanhã volto ao mesmo. Confesso que me sabe bem.

De Tino a 25.07.2011 às 23:08

Confesso que também já me ri bastante com este tópico.

Comentar post


Pág. 1/2



Comentários recentes

  • Anónimo

    Quem não concorda com a existência do BE, deve con...

  • Anónimo

    O BdC não aproveitou o Leonardo Jardim, o Marco Si...

  • Anónimo

    Esse lugar nobre é do Benfica. Ou aceitas que seja...

  • O comuna

    O futebol é uma máfia. BdC ainda acaba na valeta.

  • Pó de Sirphoder

    Quem defende o Vieira é mau.Quem defende o Bruno d...

  • A hipocrisia

    Muito se fala do BdC, mas quando olho para os outr...

  • Abel

    Muito se poderia dizer. Mas tenho uma pergunta: co...

  • Turista

    Para quem coloca o turismo como uma fonte menor:ht...

  • Nostalgia

    Xiii... o que foram lembrar...

  • Anónimo

    Parece o Kursk!Ups! Esse é outro elemento aqui do ...





Links

Blogs quase medíocres mas expectaculares